Notícias e Artigos

15
janeiro
2019

Foram excluídas 26 ocupações e duas foram desmembradas.

 

Regras para microempreendedor individual são alteradas; veja atividades permitidas e excluídas

LEIA MAIS

11
janeiro
2019

Para 2019, o prazo de solicitação, pelo empregado, deste direito, termina em 31.01.2018.

O pagamento da primeira parcela do 13º salário poderá ser concedido juntamente com o pagamento das férias do empregado, desde que este faça a solicitação (por escrito) ao empregador durante o mês de janeiro (01 a 31) do corrente ano.

Primeira Parcela do 13º: Empregado Poderá Solicitar Quitação Junto com as Férias

LEIA MAIS

09
janeiro
2019

A iniciativa é do Ministério do Trabalho, com desenvolvimento da ferramenta tecnológica pela Dataprev, disponível no Portal Emprega Brasil

Agora o trabalhador brasileiro pode solicitar o seguro-desemprego totalmente pela internet. A iniciativa é do Ministério do Trabalho, com desenvolvimento da ferramenta pela Dataprev, e está disponível no Portal Emprega Brasil. A nova funcionalidade foi apresentada em dezembro e tem o objetivo de garantir mais eficiência na prestação de serviços públicos, reduzir custos e oferecer mais comodidade.

Trabalhador já pode fazer a solicitação do seguro-desemprego 100% pela web

LEIA MAIS

08
janeiro
2019

Antes de aderir é necessário a eliminação de possíveis pendências

As empresas que querem optar pela adesão ao Simples Nacional para 2019 devem correr, pois têm até o dia 31 de janeiro para realizar essa opção e, uma vez deferida, produzirá efeitos a partir do primeiro dia do ano calendário da opção.

Adesão ao Simples Nacional vai até o fim de janeiro

LEIA MAIS

07
janeiro
2019

Com o anúncio do aumento do salário mínimo de R$ 954 para R$ 998, foi reajustado também o valor da contribuição previdenciária mensal dos microempreendedores individuais (MEIs).

Aos contribuintes que são MEIs é cobrada uma alíquota de 5% sobre o piso, dessa forma, o aumento do salário mínimo refletiu diretamente no valor recolhido ao INSS que passou de R$ 47,70 para R$ 49,90.

Contribuição previdenciária de MEIs passa a ser de R$ 49,90

LEIA MAIS

Mais: 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21


Não foi possível realizar esta operação. Favor contacte o administrador (suporte@cedilha.com.br).