Notícias e Artigos

16
abril
2019

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou por 9 votos a 1, que cartórios de registro civil de todo o país prestem serviços adicionais, como emissão de documento de identificação e documento do carro.

Os ministros entenderam que a ampliação pode facilitar a prestação de serviços a comunidades no interior do país.

STF autoriza cartórios a prestarem serviços adicionais, como emissão de RG e documento de carro

LEIA MAIS

15
abril
2019

Para utilizar a calculadora, o segurado deverá informar se é servidor público federal ou filiado ao INSS

Para os servidores, haverá oito alíquotas previdenciárias, iniciando em 7,5% e indo ao limite de até 22%. Atualmente, a alíquota é fixa em 11% para todos.
Os serviços estão disponíveis para computadores e dispositivos móveis.
O aplicativo informa que a simulação não possui efeito legal nem garante o direito ao benefício.
O serviço está disponível no site do governo.

Fonte: Portal Contabeis

Governo Federal: Calculadora simula aposentadoria

LEIA MAIS

12
abril
2019

Na plataforma Sapiens, da AGU, pessoas físicas, jurídicas e associações poderão consultar pendências inscritas na dívida ativa, realizar simulações de parcelamento e quitá-las.

O sistema permitirá a consulta dos débitos na dívida ativa e a realização de simulações sobre formas de pagamento, como parcelamentos. O devedor poderá optar pela modalidade de quitação e efetuá-la por meio da plataforma Sapiens.

Débitos com o governo já podem ser pagos pela internet

LEIA MAIS

11
abril
2019

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi criado em 13 de setembro de 1966 pela Lei nº 5.107 (revogada) e tinha como objetivo proteger o trabalhador demitido sem justa causa através da abertura de uma conta vinculada ao contrato de trabalho.

O recolhimento do FGTS é obrigatório a todos os trabalhadores regidos pela CLT que possuem contrato de trabalho desde 05/10/1998. Essa “poupança obrigatória” é uma oportunidade de o trabalhador formar um patrimônio, que pode ser sacado em certas situações específicas:  

FGTS: Veja em quais situações você pode sacar o Fundo de Garantia

LEIA MAIS

08
abril
2019

Quem possui esse tipo de ativo precisa informar à Receita, da mesma maneira que a declaração de outros bens, como imóveis ou carros.

Veja abaixo perguntas sobre a declaração de criptomoedas no Imposto de Renda. Para elaborar as respostas, o G1 ouviu os especialistas Natália Garcia, sócia-jurídica da Foxbit, Tiago Slavov, professor do curso de Ciências Contábeis da FECAP, e Antonio Gil, sócio de impostos da EY.

Imposto de Renda 2019: como declarar Bitcoins e outras criptomoedas

LEIA MAIS

Mais: 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21


Não foi possível realizar esta operação. Favor contacte o administrador (suporte@cedilha.com.br).